CICLOS DA VIDA, DAS COISAS E DO TEMPO

 

A urdidura poética e metafórica da vida em ciclos e seus infinitos recomeços assinala a nova coleção da marca autoral Mayrles Emille 

 

O tempo é o tear. Tece retalhos em dias, meses e anos na composição de ciclos, como partes de uma colcha que formata a vida. Entrelaça fios de expectativas, sentimentos e emoções enovelados em momentos. Trama descobertas, desafios e simbologias. Ressignifica sentidos. A engrenagem desprovida de pressa, entrecruza aprendizados transformados em pedaços do viver. Entre dias e noites, a tecitura segue o compasso da sucessão de infinitos recomeços. Neles cabem presente, passado e futuro curvados às sensações, memórias e sonhos. Essa urdidura metafórica, poética e ininterrupta - onde começo e fim estão alinhavados por uma linha tênue – inspira a nova coleção de joias têxteis da marca autoral Mayrles Emille. Uma narrativa afetiva do fazer artesanal, com alma.  

INSPIRAÇÃO